Acessibilidade | A+ A- | Contraste

EMENDAS GARANTEM EXAMES DE ALTO CUSTO E REDUZEM FILA DE ESPERA

Desde 2019 já foram repassados mais de R$ 400 mil, que têm garantido o custeio de exames de cintilografia, cateterismo e ventriculografia

As emendas impositivas feitas pelos vereadores junto ao orçamento municipal estão garantindo a realização de exames de alto custo e diminuído o tempo de espera para o agendamento desses procedimentos, que geralmente têm muita demanda. 
 
De acordo com informações da diretoria de regulação da Secretaria Municipal de Saúde, desde 2019 já foram repassados mais de R$ 400 mil, que têm garantido o custeio de exames de cintilografia (método de diagnóstico por imagem que usa a Medicina Nuclear para identificação de tumores, obstrução nas veias do coração, entre outras disfunções); cateterismo (que serve para diagnosticar obstruções nos vasos sanguíneos que irrigam o coração) e ventriculografia (técnica de medicina nuclear para diagnostico de doenças coronárias).
 
No caso dos exames de cintilografia, os recursos são oriundos de emendas dos vereadores Toninho Salgado (R$ 80,7 mil) e Manoel Francisco Nequinho (R$ 50 mil). Já no caso dos exames de cateterismo e ventriculografia, os recursos são oriundos dos vereadores Nego Walter (R$ 122,9 mil), Sérgio Santa Cruz (R$ 122,9) e Luciano Tody (R$ 33 mil). Todos são referentes ao orçamento de 2019 e estão em execução neste ano.
 
O QUE DIZ A LEI
Desde 2017, a legislação municipal estabelece que cada vereador pode destinar o equivalente a 0,05% do orçamento líquido do Município em medidas que considera prioritárias - mas desde que 50% desse valor seja para a área da saúde.
 
Para o orçamento de 2.020, foram destinados ao setor R$ 6,4 milhões através de emendas. Em 2019, foram R$ 5,8 milhões.

 


Publicado em: 05 de agosto de 2020

Publicado por: ASSESSORIA